Câncer de Pulmão: 7 mitos e 7 verdades

Você sabia que a tomografia computadorizada e raio X são exames fundamentais para que se possa diagnosticar o câncer de pulmão?

Principalmente quando essa doença está no início. A OMS já divulgou que fumantes tem 20 vezes a mais de chances de desenvolverem um carcinoma.

Existem muitos programas hoje em dia que tem como foco fazer um alerta para a população quanto a esse assunto.

No entanto, ainda há muitas dúvidas a respeito dele, fazendo com que muitas informações erradas sejam passadas para frente.

Conhecer o problema é uma das principais formas de combater a doença. Pensando nisso então é que juntamos neste conteúdo informações importantes desmentindo alguns mitos.

Se você tem interesse por esse conteúdo, então continue lendo até o fim.

 

Mitos e verdades sobre o câncer de pulmão

Apesar de ser uma doença que muitas pessoas possuem noção, nem todos conhecem de verdade o que o câncer provoca.

Sendo assim, há muitas dúvidas sobre isso e diversas teorias atrás do aparecimento da doença.

Provavelmente você já deve ter escutado muita coisa a respeito do assunto. Por isso que separamos aqui os principais mitos e verdades, confira.

  1. Câncer é hereditário

O câncer é uma doença só que ela não é hereditária. Apesar dos fatores genéticos contribuírem para que ele surja, ele não passa entre família.

Muitas pessoas criaram teorias sobre o aparecimento da doença estar ligado a membros da mesma família que já tiveram o problema.

Fato é que existem milhares de motivos pelo qual o câncer aparece, mas dizer que ele é hereditário é um erro, pois muitos membros da mesma família podem não o desenvolver, logo isso é um mito.

  1. Obesos tem mais chance de ter câncer

A obesidade traz sim muitos problemas à vida de quem a possui, fazendo com que inúmeras limitações aconteçam. No entanto, afirmar que o motivo de uma pessoa obesa ter um câncer é por conta de seu peso é um mito.

Então se você é obeso isso acaba não sendo algo obrigatório para desenvolver a doença.

  1. Fumar só causa câncer de pulmão

Isso é um mito que se conta sobre o tabagismo. O câncer de pulmão pode acontecer primordialmente por conta do fumo. No entanto, ele pode atingir outras áreas também, como:

  • Faringe;
  • Esôfago;
  • Cavidade oral;
  • Laringe.

Além disso, fumar pode causar câncer não só de pulmão como também de:

  • Pâncreas;
  • Bexiga;
  • Rim;
  • Estômago.

Portanto, dizer que ele só causa o câncer de pulmão é um mito.

  1. Uma pessoa com câncer não pode fazer nada

Quem desenvolveu câncer de pulmão fica mais fraco e debilitado por conta da situação por inteiro. No entanto, ele não define que alguém ficará inapto de fazer nada.

O médico irá liberar o paciente para fazer suas atividades de rotina dependendo da condição de saúde que o mesmo se encontra. Logo, isso também é um mito.

  1. Fumar cigarro eletrônico é menos nocivo

Qualquer tipo de fumo prejudica o pulmão a longo prazo, aumentando assim as chances de desenvolver um câncer. Uma pesquisa feita na Universidade de Portland constatou que a fumaça do cigarro eletrônico é 15 vezes mais prejudicial que o cigarro normal.

Sendo assim, é um mito completo dizer que esses produtos não fazem mal à saúde.

  1. Só fumante tem câncer de pulmão

Apesar dos fumantes aumentarem suas chances para desenvolver a doença, é um mito dizer que só essas pessoas possuem o câncer no pulmão. Somente 80% dos casos de câncer são de fumantes.

No entanto, a exposição a outros elementos são fatores que também contribuem para isso, como por exemplo o gás radônio e a amianto.

  1. Narguilé não faz mal

Qualquer uso artificial de fumo faz com que o câncer tenha chances de aparecer. Como o narguilé usa água para resfriar a fumaça e proporcionar uma inalação mais profunda, acaba-se criando uma facilidade maior de penetração de substâncias nocivas ao pulmão.

Sendo assim, o narguilé faz tão mal quanto o cigarro normal.

  1. Fumante passivo pode ter câncer de pulmão

Essa é uma verdade. Isso porque se expor à fumaça do cigarro faz com que o risco da doença aumente. Por isso é importante estar alerta quanto a isso, ainda que não fume diretamente.

  1. Parar de fumar diminui chances de câncer

Sempre que se deixa um mal hábito, isso contribui para a melhora de qualidade de vida. Portanto, o quanto antes a pessoa deixar de fumar, ela terá uma saúde melhor.

Alguns estudos dizem que uma pessoa que parou de fumar, já na terceira semana pode notar melhoras na respiração.

  1. Câncer no pulmão tem cura

Quando detectado de forma precoce e junto de um tratamento adequado, as chances de cura são bem altas. Uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional do Câncer nos EUA revelou que 55,2% dos pacientes que tiveram diagnóstico precoce alcançaram 5 anos ou mais de vida.

Para que se possa saber da existência da doença é preciso fazer exames de raio x.

  1. Poluição pode causar câncer

Sim, é verdade. O contato com a poluição pode acabar aumentando a chance de aparecer um câncer. Quem está muito em lugares que emitam gás carbônico ou em indústrias tem mais chances.

  1. Pessoas mais velhas tem mais chance de desenvolver câncer

A doença não escolhe idade para aparecer, no entanto, a doença costuma aparecer em pessoas mais velhas por conta dos anos de exposição a um elemento causado de câncer, como o cigarro por exemplo.

Mas isso não é uma regra. Há casos de pessoas mais novas que também desenvolveram a doença.

  1. Câncer de pulmão é grave

Sim, infelizmente essa é uma doença muito grave e que precisa de cuidados o quanto antes. Por isso que fumantes, principalmente, devem redobrar seus cuidados com exames.

  1. Câncer de pulmão é frequente

Por último, uma grande verdade é que esse tipo de câncer é um dos que mais aparecem no mundo todo.

 

Conclusão

Por fim, vimos então algumas informações sobre mitos e verdades do câncer de pulmão. Com certeza esse é um assunto que gera muitas dúvidas.

Sendo assim, é importante falar sobre elas para que esse assunto possa ser esclarecido. Conte aqui se você conseguiu entender e compartilhe este conteúdo com mais pessoas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *