A limpeza pode ser um tratamento: conheça o Oosouji

Esse método japonês se propõe a largar o passado para olhar para o futuro. Como é o passo a passo e quantas vezes por ano ele tem que ser feito?

Em geral, a realização de uma grande limpeza da casa leva várias horas, e a ideia pode ser exaustiva. O nosso dia a dia ocupado e sobrecarregado de hoje deixa menos espaço para o cumprimento das tarefas domésticas. Mas a limpeza não se trata apenas de deixar a casa arrumada e livre de sujeira, trata-se também de alcançar a serenidade, livrando-se do resto e da desordem.

Veja também sobre reparação de caldeiras torres vedras.

Esse é o objetivo final do Oosouji, uma antiga disciplina japonesa que se propõe a deixar o passado para olhar para o futuro e que entende a limpeza como um componente curativo e espiritual.

Um dos pontos fundamentais desse método é se concentrar no que você está prestes a fazer. Não é limpar por limpar, você tem que liberar sua agenda, ter os produtos de limpeza necessários e abrir as janelas. O ar fresco é essencial para esse método, pois suscita calma.

Mas o que é Oosouji?

É um ritual de limpeza profunda que os japoneses realizam uma vez por ano. Além de remover poeira, germes e bactérias, a limpeza tem um poder libertador associado a novos começos. É por isso que muitos japoneses o realizam em 28 de dezembro, procurando iniciar o novo ano livre de cargas físicas e mentais.

Quando falamos de Oosouji, a primeira coisa que vem à mente é o costume japonês de fazer uma limpeza completa da casa antes do final do ano: descartar tudo que não é mais útil, jogar coisa fora, limpar. É assim que explicam os praticantes do Chá Dō (cerimônia do chá japonês). Mas, segundo quem já viveu no Japão e compreendeu essa ideia, compreende-se que a limpeza faz parte da vida cotidiana dos japoneses. Ao estudar a cerimônia do chá na Escola Urasenke, percebemos que não havia lá pessoal de limpeza: os próprios estudantes estavam encarregados de limpar cada canto em turnos rotativos.

O Oosouji faz parte da cultura

Algo semelhante acontece em Tóquio até na universidade: em dezembro há um dia em que todos juntos, a escola inteira, faz uma grande limpeza das salas de aula. Para fazer uma grande limpeza, para remover todo o pó, a sujeira, as manchas da vida diária, a fim de receber o ano novo limpo, ou seja, purificado. E depois que a limpeza é concluída, cada casa começa a se decorar, a se preparar.

Por exemplo, em uma cerimônia de chá, a limpeza é a preparação para uma reunião. A primeira coisa que é limpa é o tatami, e todos os elementos que vão ser usados também são verificados. A sala de chá é um espaço que deve ser limpo e durante a cerimônia a anfitriã irá purificar alguns elementos na frente de seus convidados, depois ela irá limpar o que está sujo com o chá.

Em uma cerimônia de chá completa, que também inclui uma refeição, os mesmos convidados devolvem limpa a louça de verniz usada. Nessa cerimônia, o sujo é limpo e o limpo é purificado. A limpeza é um gesto de consideração pelo outro, assim como o sexo oral entra na sexualidade humana como uma forma de se dedicar ao prazer do parceiro ou parceira.

Realizando a limpeza de Oosouji

O primeiro passo para realizar o Oosouji é estabelecer um dia específico no qual todos na casa estejam disponíveis. Segundo os especialistas, é importante levar em conta que um único dia provavelmente não é suficiente, por isso eles recomendam reservar um fim de semana inteiro, assim como fazê-lo sem interrupções e de forma consciente. Além de ter tudo planejado, é importante conhecer as tarefas a serem realizadas e seguir as recomendações para alcançar os melhores resultados.

Antes de começar a limpeza, é necessário purificar o ambiente abrindo todas as janelas para deixar o ar circular. Os telefones devem ser desligados durante o processo para garantir a concentração total e uma desconexão do resto do mundo.

Passo a passo

  • De cima para baixo: comece a limpeza pela parte superior: tetos de cobertura, paredes limpas, móveis limpos. Em seguida, varrer e esfregar.
  • Sigam a direção dos ponteiros do relógio ao limpar uma sala: a limpeza começa e termina no mesmo ponto, uma forma de fechar o círculo e deixar a velha bagunça para trás. Lembre-se que tudo aqui se trata de deixar o passado ruim ir embora, inclusive muitos usam esse métodos para abandonar antigios vícios, como o tabagismo, alcoolismo ou até uma forma de como se livrar da pornografia.
  • Guardar em caixas itens que não são mais úteis: é importante se livrar de coisas que não estão mais em uso.
  • Utilizar sacos de lixo: ter sacos de lixo na casa para despejar toda a sujeira do local torna mais fácil se livrar dela uma vez que a limpeza esteja concluída.
  • Manutenção da casa: é necessário retirar manchas de sofás, consertar móveis ou substituir lâmpadas queimadas ou outros aparelhos que não funcionam. O dano é um lembrete negativo do passado e afeta o comportamento.
  • Todos os membros da família precisam estar envolvidos: se uma limpeza completa de toda a casa for desejada, todos os membros da família devem estar envolvidos nessa atividade. Cada um deles deve ter o poder de decidir sobre seus próprios pertences e fazer sua própria seleção do antigo para acolher o novo.
  • Pagar dívidas e contas: o Oosouji também inclui o pagamento de dívidas e contas para encerrar o que estiver pendente.

O bem-estar como um objetivo

Oosouji parece ser um método de limpeza como qualquer outro, em que o objetivo é limpar a casa e se livrar de tudo o que não tem mais utilidade, mas na realidade esse método tem um significado muito mais profundo: o bem-estar geral é o objetivo principal. Esse método de limpeza ajuda a eliminar maus sentimentos ou más energias em casa, portanto, ao fazer essa limpeza, você deve aproveitar a oportunidade para se livrar de objetos que tragam quaisquer sentimentos negativos e, dessa forma, eliminar memórias tristes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.